domingo, 21 de maio de 2017

UM POST PROS MAIS ANTIGOS DO NEAC

Gente: não vou dizer nada. Será que alguém lembra disso?
É vocês quem vão dizer.


Como eu me emocionei agora. Tem muito tempo. O tempo que passa sem dó e sem muito avisar.
As vezes eu queria voltar.

Amo demais vocês do NEAC.

Cheirosos da vez: Rafa e Diego competindo
Os cara fechada: não teve.
Engraçado: conversas no final do ensaio do Aladdin onde falamos das figuras estranhas que por alí aparecem.
Sonho: Que o Circuito seja muito bom.
Alegria total: Visitinhas sábado a noite e caldo de abóbora.

Beijos em seus corações.



6 comentários:

Gabriel Santiago disse...

Sobre caldinho de abóbora... SENSACIONAL!
E sobre conversas do final de Aladdin... Hmmm... NEAC é o maior hospício de Divinópolis.

Gustavo Freitas disse...

Eu me lembro demais! Cada música dessa carrega um sentimento, um frio na barriga atrás das cortinas, embalando a abertura das peças. Eu tenho certeza que temos uma magia

J-P Music disse...

Muito bacana, nossa que nostalgia são muitas histórias contidas nessas canções... Amei!

estranho disse...

Essa música. ....
São tantas recordações boas, melancólicas....Neac é Isso, é se encantar com o presente se angustiar pelo futuro e nunca esquecer o passado.

Rafael Castro disse...

Delicia de música.
Peguem seus perfumes... ainda estou aqui kkkkk
Neac cheio de suas estranharias.
Sonhamos juntos Judite.
E sobre o caldo de abóbora: Esperando ser chamado de novo hehehe DELICIAA!

JUDITE PRENDADA <3

Anônimo disse...

Essas músicas de abertura são inesquecíveis.
Neac uma máquina de sonhos e nosso comandante sempre alerta. Amo lo
Quero caldinho de abóbora...me chama!!!
Vamos amar.LILI...