segunda-feira, 29 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - JOÃO PAULO

Este rapaz que vem chegando aí é no mínimo o nosso mimo e nosso ouro. Um delicadeza imensa e um coração gigante. Vamos ver como explica tudo isso com suas próprias palavras.
Sou o João Paulo, tenho 29 anos e 9 de Neac que pra mim significa mais que 9 anos de teatro. Já passei por muitas tempestades e no teatro encontrei a calmaria, sempre fui muito complexado comigo e minha aparência e no teatro me sinto bem, teatro é terra de ninguém, onde errado é certo e feio é bonito. Tive muitas experiências magníficas, não consigo citar nomes de peças ou a qual mais gostei, pois cada segundo, cada momento com esse pessoal não cabe comparação, e todo personagem que eu ganho dou o meu melhor. O Markus pra mim é um anjo que nesse mundo conturbado em que vivemos nos dá a chance de sermos nós mesmos, de sermos verdadeiros, e fazermos o nosso melhor. Conheci pessoas incríveis que são minha referencia como um todo, tanto na vida quanto na arte. Sou movido à bons sentimentos, amor, paz, positividade. E uma das certezas que tenho é que encontro tudo isso no Neac. A coisa mais mágica, grandiosa, maravilhosa que já aconteceu em minha vida é uma garotinha de olhos castanhos escuros, amorosa e linda que se chama Nicole. Quando a encontrei, aprendi o que é realmente o amor, um amor incondicional, ela tem sido minha luz, que me faz viver dia após dia. Deus deve me amar demais, para me confiar a honra de ter ela como filha. Faço outras coisas além de atuar, quem me conhece sabe, busco todo tempo coisas positivas, talvez para mascarar minhas tristezas, talvez para aprender a ser feliz...
Musica preferida são muitas mas essa aqui ta no topo:


Sim querido João, A Judite também ama esta musica e também todas as outras desta banda incrível. Agora veja só esta música que Judite dedica a você. Se gostar ame, se não gostar esqueça. Judite sempre insone estará esperando respostas.


Bom, se não criar não vai dar. E na música tudo vale. Esses caras são inventivos demais.

Abraços de Judite sempre cheia de tarja preta.


sábado, 27 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - LILI

Esta é a vez desta Diva do NEAC. Nossa amada e tão talentosa Eliane, Lili, Querida. Ele vem contar um pouco de sua história e mostrar em palavras, sua simpatia.





Olá!!  Eu sou Eliane Assunção ou Lili como quiserem, que aliás adoroooo um apelido carinhoso que o Markus assim me batizou no Teatro...que me alegra muito mas, também que me faz lembrar de uma pessoa muito importante em minha vida "JORGE" ...meu amigo querido que só me chamava de Lili Carabina e dava aquela risada boa que fechava até os olhinhos...saudades eternas.
São 17 anos de pura alegria.  Neac é  o meu pedacinho do céu é onde realmente eu faço o que gosto com vontade e satisfação.
Aprendi e quero aprender muito mais, a arte é infinita...me alimenta, me engrandece, me fortalece.
A emoção de estar no palco é indescritível. ..a responsabilidade de levar para o outro alegria,  fantasia, questionamento, emoção   é uma missão sagrada.
Eu seria injusta em citar alguns trabalhos que mais gostei....porque foram tantos e todos feitos com muito amor e dedicação. 
Neac é minha segunda casa. Meu marido e meus filhos também aprenderam amar essa minha OUTRA família...
Markus, James, Luís Cláudio Neac e cia meu coração tem que ser grande demais pra caber tanto amor assim.
Judidte sabe quem é  minha diva que amo de paixão. RITA LEE.
Mas, tem uma música do Fagner que é perfeita. ..
ASA PARTIDA...


Arrasou querida. esta é das minhas nas noites de insônia. Mas eu vou te homenagear com uma música que vai te fazer lembrar de uma passagem muito importante em nossas vidas. Você vai lembrar e vai sorrir ou chorar. Saudade é palavra que mata aos poucos. Dói sem sangrar e deixa a marca de um passado alegre ou triste, mas que queremos voltar.


Talvez um dia nos seja dado um minuto, ao menos, para rever aqueles que Deus nos roubou pra sempre.
Amor é pouco. O que isso chama ainda não tem nome.

Bjos.

Judite chorona agora.

Mas Judite já sabia que seu post seria assim.

"Estamos todos juntos num mar de solidão e cheio de mudança de ventos. Hoje aqui, amanhã acolá. E outro dia não mais em lugar algum que saibamos"
( Jorge Pianetti )

 Judite queria um abraço agora.

.....


sexta-feira, 26 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - INÁCIO BARBOSA

Boa tarde atores do NEAC. Hoje é o dia de vocês conhecerem um pouco do querido Inácio Barbosa. Ele vem chegando em passos leves e já ocupando seu espaço no meio de todos. Vamos lá.
Oi pessoal, sou Inácio Barbosa, moro em nova serrana, tenho 26 anos e  um grande amor a arte, descobri essa paixão uns 6 anos atrás mas foi em 2016 que surgiu a oportunidade de tentar fazer algo relacionado a arte, conheci o Neac através de uma ex professora e amiga do Markus chamada Maria Cláudia, chegando no Neac conheci essa turma     incrível, desde os mais experientes ao menos experientes​, um aprendizado sem igual,
Primeiro agradeço a Deus depois ao Neac e a essas pessoas que fazem parte, me sinto muito feliz por fazer parte.

A música escolhida por ele é realmente incrível:


Então amigo, A Judite escolheu aqui uma música para te dar. Ela acha que é sua cara. E espera que você goste. Veja bem que clipe incrível tanto a música quanto a criatividade deles.

Essa banda é muito bacana e vale a penas ver os trabalhos deles. O clipes são todos feitos em tempo real. Espero que goste. Abraço querido e continue ligado aqui e no NEAC.

Cheirosos da vez: Gú Freitas deu um show em Rafa e Diego.
Simpatia: Lili
Chiquetê: Os visual novo do Renildo
Estranheza da vez: Luna e seus sorrisinhos estranhos.
Luxo: A galera inteira do NEAC.
Mania: Boomerang da Marielle.

Frase da semana: Marielle dizendo pro Aluizio na marcação: Paí o senhor é homem.

Bjos e cheiros e hortelã pra todos.



domingo, 21 de maio de 2017

UM POST PROS MAIS ANTIGOS DO NEAC

Gente: não vou dizer nada. Será que alguém lembra disso?
É vocês quem vão dizer.


Como eu me emocionei agora. Tem muito tempo. O tempo que passa sem dó e sem muito avisar.
As vezes eu queria voltar.

Amo demais vocês do NEAC.

Cheirosos da vez: Rafa e Diego competindo
Os cara fechada: não teve.
Engraçado: conversas no final do ensaio do Aladdin onde falamos das figuras estranhas que por alí aparecem.
Sonho: Que o Circuito seja muito bom.
Alegria total: Visitinhas sábado a noite e caldo de abóbora.

Beijos em seus corações.



NEAC - A CARA DO POVO - MARCOS RABELO

Bom, dizer o que deste rapaz que entra agora nesta pista de sensações e sentimentos teatrais? Um Divo. Simples assim. Pessoa muito boa e talentosa. Vamos ver o que ele diz sobre ele mesmo.

Oi Judite, oi pessoal.
Meu nome é Marcos Rabelo, tenho 27 anos, estou no Neac a 2 anos e meio, período onde minha vida passou por uma transformação completa. Em 2015, através do Projeto Sanguinho Novo, fui apresentado para esse mundo mágico e maravilhoso do teatro, onde me descobri como ator e venho aprendendo cada dia mais.
  Tive a oportunidade de viver vários personagens incríveis, como o sapeca Saci do "Sítio do Pica Pau Amarelo" e o Gato de "Alice no País das Maravilhas"; personagens que me transportaram de volta a minha saudosa infância. Me apaixonei pelo mestre Nelson Rodrigues e por suas obras, tive o privilégio de viver Bibelot de "Os sete gatinhos" e descobri o mundo oculto que há por trás do drama.
  Todos os personagens sempre me marcam profundamente, porém há sempre aquele que nunca te deixa e fica gravado na memória,  como é o caso de minha amada e bendita Geni (Opera do Malandro). Ao viver Guilherme do texto "O Círculo", adaptado pelo amigo Rafael Castro, fiquei muito surpreso e honrado quando fui convidado para compor o maravilhoso elenco que apresentou a peça, sempre aprendo muito com vocês.
  Conquistei muitos amigos no Neac, os quais levarei no meu coração durante todos os dias de minha vida. Mas algumas pessoas nunca poderão deixar de serem citadas;  serei sempre grato ao meu amigo/irmão Diego Fernandes, por todos os conselhos, amizade e pelas oportunidades que tive em dividir o mesmo palco com ele. Ao nosso amado James, por todo o seu amor, carinho, dedicação que sempre tem por mim e por todos os alunos do Neac. E ao nosso incrível diretor Markus Marques, obrigado por compartilhar conosco um pouco de toda essa sua experiência e amor pela arte, me curvo diante de ti.
Essa música conheci em uma das peças que apresentei durante esses anos, me toca profundamente e me emociona, pois com ela revivo todos os momentos inesquecíveis que passei no palco.
Chico Buarque - Geni e o Zepelim


Sim.....imensa sensibilidade. Veja essa versão se você gosta.


Queixo caído amigo? Então agora sabemos que ainda existe salvação para a música brasileira. Vou postar uma homenagem pra você. Uma música que você não conhece, mas que eu acho que se parece com você. Se gostar ame sempre, se não gostar, esqueça. A Judite vai continuar Insone do mesmo jeito. Tá aí o seu video-presente:

Agora vou me despedir. Por um momento veio o sono mas ja se foi. Camomila e tarja preta.

Bjos e bons sonhos.


NEAC - A CARA DO POVO - GUSTAVO NOGUEIRA

Chegado a pouco ele vem aqui no blog mostrar um pouco de sua personalidade e falar do seu amor pelo teatro. Vamos conhecer nosso novo amigo, descrito por ele mesmo.


Gustavo. Nogueira. Coelho. Assim, titubeante e focado nos detalhes. Ama reticências e parênteses. Viveu cerca de 135 anos dentro de 22 anos cronológicos... é um velho-novo, ou um novo-velho. Nadador. Escritor. Amante e professor de literatura. Estudante de medicina. Ator em formação. Viciado em: música negra (soul, jazz e blues) e doce de leite. Iniciante no NEAC (começou neste primeiro semestre de 2017). Os três trens que mais admira na humanidade são: a diversidade (esta, para ele, é o germe da aceitação da igualdade, pois a diversidade dos homens os torna iguais na diferença), a morte (acredita no poder do óbvio gerado por ela: ela é a responsável por renovar as gerações de almas terrenas... sem ela, permaneceríamos, sem evolução, num mar de cérebros obsoletos e fadados à ignorância) e o amor (considera este como sendo a mais nobre, sobrenatural e admirável coisa que o humano é capaz de vivenciar... João Bosco já avisou: “Quem pode querer ser feliz, se não for por amor?”). Quando quer ser lírico com as palavras escritas, costuma fazer uso da terceira pessoa, a exemplo da Vó Eva, sua avó materna (que sempre fala coisas como: “A Vó fez um bolo procê, viu?”, ao invés de “Eu fiz um bolo procê, viu?”). Prevê que terá um estranho destino (estranho, mas lindo... aliás, ama ser chamado de “estranho”), como Amélie Poulain... como ela, foi privado de si, mas nunca deixou de ser absolutamente sensível ao charme das pequenas coisas da vida... porque, como afirma o clichê, as melhores coisas da vida não são coisas. Essas são algumas vírgulas sobre ele, sobre mim, sobre nós... ele(eu) gosta(o) de fazer essa análise de si(mim), tentando observar-se de longe, de fora dessa bolha chamada “Eu”. Sua música preferida? “Valsinha”, mas especificamente a versão cantada pela dupla Chico Buarque e Nelson Gonçalves... chora lágrimas grossas já ao ouvir as primeiras notas, motivo pelo qual não gosta de parar para ouvir a canção em questão, a qual ouviu, inteira, em raríssimas ocasiões, durante sua vida. Vai aí, também, o poema preferido dele (“Poema de sete faces”, do Drummond):

“Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode,

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.”


Bom gosto musical heim garoto? Vou postar aqui algo que acho sua cara. Algo que você não conhece mas tenho certeza que vai amar e nunca esquecer. A introdução é bem grande, mas é pra dar o tom de retrô, sensibilidade e sonhos que a musica exige. Espero que goste.


Agora vou voltar pro meu youtube, como sempre, buscando conhecer coisas novas e divinas.

Bjos de uma Judite quase morta de tanta Insônia.

NEAC - A CARA DO POVO - LUANA

Essa garota é um das princesas lindas do NEAC e ainda talentosa. Então aí está o depoimento deles;


Oooi ! Me chamo Luana,tenho 14 anos e faço teatro a um ano.Tudo começou quando fui convidada pra ver uma peça do Neac "O pequeno Príncipe". Ali me encontrei.Fiquei encantada com a atuação,e fiquei encantada com o profissionalismo do Neac.E eu não tinha dúvidas,de que ali era o meu Lugar,em cima do palco.E foi ai que tudo começou,apresentei minha primeira peça "O herói e o gnomo" Uma peça infantil.Mas que é a minha preferida,por que foi a primeira,foi ali que eu tive o prazer de atuar,e fazer o que realmente gosto.Sou muito grata ao Markus,que ensina cada detalhe para todos nós,que é persistente,e que faz de tudo para ficar perfeito.Este ano completa dois anos que estou no Neac,e quero permanecer por muito tempo.Teatro é onde todos se ajudam,dos mais experientes,ate os novatos, teatro é família,é ajudar e ser ajudado,onde todos brincam,divirtam e dividem seus sentimentos.Teatro é Cultura.

Sou apaixonada com músicas,porque elas de uma certa forma,nos transmite algo.Não tem um motivo específico essa musica,mas é uma das minhas preferidas no momento.
"Linda,louca,e mimada -Oriente"


Então querida a Judite vai postar uma música, de outro estilo, de outra tribo que ela acha ser sua cara. Se gostar viva, se não gostar esqueça. A Judite não vai dormir nunca.


Essa cantora é uma das melhores que já ouvi. Ela tem uma banda chamada Saint Etienne e não são muito jovens não. São da década de 90 mas ela ainda arrasa. Espero que goste.

Bjos e espero seus comentários.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - GUSTAVO FREITAS

Nesse post vamos ler um pouco sobre o Divo e Místico Gustavo Freitas. Ele veio acompanhado de um texto maravilhoso e de uma história muito bacana. La vai.


Oi pessoal! Sou Gustavo Freitas, ou Gu, como me conhecem também!  Comecei no teatro aos 16 anos no NEAC. Há mais de 11 anos faço parte do grupo, participando de grandes projetos como: Grease, Ópera do Malandro, o Bem Amado, Hair, Auto da Compadecida, vários projetos de minimalismo, entre muitos outros, somando mais de 50 espetáculos nesse tempo. Destaque para as obras de Nelson Rodrigues, um dos meus maiores presentes: O beijo no asfalto, Perdoa-me por me traíres e os Sete Gatinhos. Outro grande presente foi a apresentação de alguns textos e adaptações minhas como: A Usurpadora Cover, O amor de Lisbela, O funeral, Meu Pé de Laranja Lima, entre outros. Um dos momentos que mais me marcaram foi a homenagem para o Jorge, com a música do Marcelo Jeneci. Sou muito grato a tudo que aprendi e aprendo no Neac e levo comigo as amizades mais raras que tenho, grande parte dos meus amigos eu conheci no NEAC. Um espaço de arte, amor e carinho. Que venham mais e mais décadas juntos! Obrigado por tudo, Markus!

"Lado a lado com a espécie humana corre outra raça de seres, os inumanos, a raça dos artistas que, incitados por desconhecidos impulsos, tomam a massa sem vida da humanidade e, pela febre e pelo fermento com que a impregnam, transformam a massa úmida em pão, e o pão em vinho, e o vinho em canção. Do composto morto e da escória inerte criam uma canção que contagia. Vejo esta outra raça de indivíduos esquadrinhando o universo, virando tudo de cabeça para baixo, os pés sempre se movendo em sangue e lágrimas, as mãos sempre vazias, sempre se estendendo na tentativa de agarrar o além, o deus inatingível: matando tudo ao seu alcance que lhe rói as entranhas (...) Um homem que pertence a essa raça precisa ficar em pé no lugar alto, com palavras desconexas na boca, e arrancar as próprias entranhas. É certo e justo, porque ele precisa! E tudo quanto fique aquém dessa aterrorizador espetáculo, tudo quanto seja menos sobressaltante, menos petrificante, menos louco, menos delirante, menos contagiante, não é arte. O resto é falsificação. O resto é humano. O resto pertence à vida e à ausência de vida."
(...)
Henry Miller

Gustavo ama esta música: The Gift - Gaivota | Projeto Amália Rodrigues


Difícil dedicar algo para o Gu, muito inteligente ele. Mas a Judite é danada e vai de cara deixar pra ele uma música da mesma banda The Gift, mas que ele não conhece e que só saiu em uma coletânea. Uma pena porque é uma das mais lindas deles. A Sonia esta linda como sempre e a musica é algo além do que podemos imaginar. Com você amigo: The Gift - Clássico.


Não existem mais letras. Só existe essa agora.
Judite chora insone.

Cheirosos da vez: Luiza Casada e Rafa
Sonho: Ver o Circuito Montado.
Saudade: Jorge
Medo: Política.
Alegria: Inverno chegando.

Bjos de uma Judite que também sonha acordada.


NEAC - A CARA DO POVO - MAYSSA

Agora é a vez de Mayssa. Essa garota que amamos muito dentro do NEAC e que tem muito a oferecer dentro das artes cênicas. Um doce de pessoa e um bruto talento no palco.


Oi, meu nome é Mayssa, me chame de May, tenho 17 anos e entrei no NEAC em 2014, no elenco infantil. Me apresentaram o teatro quando eu ainda nem me entendia por gente, tinha lá meus 5-6 anos, e essa primeira vez foi magicamente incrível, me recordo como se fosse hoje, de tudo, do cenário, da história, das roupas dos personagens e de cada rosto que o vestia; e foi assim que eu me apaixonei. Desde que faço parte dessa família linda do NEAC, onde conheci pessoas de que nunca irei me esquecer, eu venho carregando comigo sonhos, sonhos em relação a vida de ator, e que acho que pra se realizarem é preciso muita sorte, então me deseje! Hoje o teatro é essencial na minha vida, é essa vida que faz o meu sangue correr e o meu coração pulsar, e se eu pudesse levar uma mensagem ao mundo, ela seria: arrisque-se; em qualquer coisa que acredite lhe trazer paz, independente de qualquer opinião alheia. Markus e James me deixaram ter tantas divinas oportunidades em cima de um palco, que eu os devo uma vida.
Minhas músicas: Malditos cromossomos - Pitty ou Shape of you - Ed Sheeran


Bom, eu também amo essa musica que você escolheu, mas veja bem esta que estou postando pra você. É a sua cara. Esta musica transcende.


Se gostar comente. Se não, me deixe só. Eu não durmo mesmo.
Bjos
Judite.





quinta-feira, 18 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - CAROL SILVA

Querido amigos do blog da Judite, inaugurando a sessão feminina, A Magnífica Carol Silva esta sendo a primeira mulher a enviar depoimento para o post. Esperamos que venham outras. Eu amei a história dela.






Meu nome é Carolina, mas prefiro Carol Soares rsrs.. Comecei a fazer peças à mais ou menos três anos atrás, sempre tive encanto por esse mundo maravilhoso chamado Teatro, na escola sempre me candidatava mesmo que pra ser a florzinha ou a árvore.. Fiz algumas peças Ainda fora do Neac, no Sesi e com outro professor, e lá me foi permitido conhecer as maravilhas por trás das cortinas, e o Markus me mostrou que é possível seguir se surpreendendo cada vez mais.. Ser ator é emprestar o corpo e a Alma pra um personagem, e sentir o que ele sente, e viver o que ele vive, e se entregar pra que outro te domine..
Amo atuar, amo dar vida a essas pessoinhas e amo Ainda mais poder criá-las, imagina-las, dar-lhes uma história..
Quanto ao NEAC, foi uma grande surpresa e desejo ir parar lá, primeiro conheci uma pessoa, que me apresentou outra e quando percebi, mesmo sem estar lá, já os tinha como parte da família, sim, ir vê-los era uma grande alegria e honra, principalmente a Kaah Maia que me introduziu no meio de todos rs.. Família essa que a partir desse ano orgulhosamente quero seguir onde forem e pelo tempo que forem.. AMO O QUE FAÇO, E FAÇO O QUE AMO ... Teatro é mais que uma apresentação, teatro e viver intensamente cada minuto dentro ou fora de cena, em cima ou longe do palco, sendo ou não um personagem ...
Uma música que amo, não tenho uma razão específica, apenas amo e pronto, já que meu gosto é bem variado e peculiar, Malandragem da Cássia Eller, viajo na voz dela e na letra dessa música, e aquela que me acalma, e me faz agitar nos momentos certos.

A musica de Carol é Malandragem (De Cazuza) com Cássia Eller. Maravilhosa. O james tambem ama viu.


Então Carol, eu tenho aqui algo que você vai amar também. Acho que você não conhece mas vou deixar dedicado a você. Se amar passe a curtir, se não gostar é só esquecer. Acho que é sua cara.


Eu amo tanto essa música e esse vídeo pela simplicidade. Ela é linda e a melodia me preenche. Espero que ame. Tudo aqui é arte. E cá entre nós, o NEAC inteiro é ante né amiga.
Quero ver você ainda em um trabalho de Nelson Rodrigues. Ainda.

Cheirosos da vez: Alguém que estava ontem na turma de quarta. Não identifiquei.
Aluno mais procurado do NEAC: Celular
New Visual: Renildo assumindo os cabelos brancos foi o máximo.

Bjos de uma Judite Insone Total.



NEAC - A CARA DO POVO - EDGAR DIAS

Voltando a postas perfis do pessoal do NEAC hoje é a vez do marcante Sr. Edgar Dias. Vamos ver o que ele tem a dizer:






Olá, eu Edgar Dias, sempre fui apaixonado pela arte como um todo, mas a música e o teatro sempre arrancam de mim emoções incríveis. Apesar de ter começado recentemente a atuar, sempre estava ali, do outro lado da cortina prestigiando o talento e a habilidade dos amigos que fiz posteriormente no NEAC. Em Doces Vinganças e Grandes Resultados pude dar vida ao icônico Osevaldo e me diverti muito,  espero continuar contribuindo com a minha “cara” a personagens cada vez mais e mais. Sonho sempre poder angariar mais conhecimento e alegrias nesse campo, estou aprendendo a amar e a cultivar o ator em mim, e quem sabe ser tão bom quanto aqueles que sigo.

Músicas que amo : Imagine (John Lennon) e Tempo Perdido (Legião Urbana)

Tá aí amigão a sua música preferida, mas veja bem que tem uma introdução grande com pássaros cantando. lindo demais:


E pra variar, a Judite vai deixar aqui uma música que ela acha ser a sua cara. algo pra você amar ou esquecer pra sempre. Depois você diz se gostou ok?


Essa música é uma de minhas queridas e vale a penas buscar mais coisas deles. Começaram na praia do progressivo eletrônico e depois passaram pra música pop progressista do melhor gosto possível. Tudo é lindo aqui. Parece um sonho. Um bom sonho embora seja triste como se estivesse vendo um pássaro morrer.

Boa viagem no som.

Bjos da Judite




domingo, 14 de maio de 2017

PAUSA PARA ACREDITAR

Pessoal do NEAC e amigos que visitam este blog: eu tava aqui lendo umas coisas e pesquisando outras e de repente me veio isso a cabeça. Eu quis compartilhar porque lembrei de algumas performances em minimalismos. Foi algo interessante ver como pode acontecer de um visual dizer muito unindo a musica e a criatividade. Só sei que que amei e coisas que amo eu posto aqui.
Confesso que me lembrei dos meus dois velhinhos PET SHOP BOYS.
Parece coisa deles.


Estou me sentindo tão balada agora.
Vou fazer um chá de camomila.

Beijos amigos.

Cheirosos da vez: Eu + Eu
Os cara fechada: Melissa e Sofia do Infantil.

Tchau

NEAC - A CARA DO POVO - DIEGO FERNANDES

Lá vem ele, Mister Diego Fernandes falando um pouco de realidades, sonhos e teatro.

Olá judite!
Sou Diego, mais conhecido  como Diih.Tenho 25 anos e 5 de teatro,  já fiz de um a tudo e uma das peças que mais me marcou foi "Numa Noite Suja" onde eu senti algo diferente, não  que as outras não  foram importantes mas enfim.
Tenho alguns  sonhos em relação  ao teatro, porém sonhos são  sonhos e as vezes apenas sonhos.
Hoje faço  História e nesse curso algumas coisas mudaram em minha cabeça,  mas o teatro  não, continua intacto e isso nunca vai mudar.
No NEAC fiz amigos que vou levar pra vida toda, tenho na pele algumas marcas disso, do amor em geral...
Não  sou a melhor pessoa pra falar de música, na verdade sou bem ignorante, mas tem duas que me fazer sentir bem. Adriana  Calcanhoto: Devolva-me E Rihanna: Love on The Brain.

E como a Judite sabe que ele gosta mais e muito de Rihanna, tá aí, sem pensar duas vezes.

Pra falar a verdade, a voz dela é mesmo sem precedentes. Incrível. Uma potência.

Mas veja aqui, essa aqui também é sua cara. Se você não conhecer procure mais porque terá surpresas imensas assim. Se ja conhece, vale saber que tem bom gosto.


Bom, plasticidade, criatividade e glamour. Eles serão sempre assim.

Beijos de uma Judite Insone e congelada.


NEAC - A CARA DO POVO - GABRIEL SANTIAGO

Cheio de alegria e muito expressivo vem chegando o Divo Gabriel Santiago.




Oi, aqui é o Gabriel Santiago e já faço parte desta família NEAC a 5 anos! Entre muitos trabalhos marcantes nesta casa, alguns eu gostaria de ressaltar pois ficaram guardados na minha memória e em minha alma. Não tenho palavras para descrever o que foi O SITIO DO PICA PAU AMARELO (texto de Diego Fernandes), dar vida ao Pedrinho e ver as crianças da plateia extasiadas com o elenco. O mesmo êxtase que se repete em O MÁGICO DE OZ (texto de Diego Fernandes), onde eu buscava um coração na pele (ou armadura) do Homem de Lata! E aquele grande salve para o que eu considero um marco histórico de recordação e reconhecimento que foi O AUTO DA COMPADECIDA (texto de Diego Fernandes), onde após dois anos de apresentação nós os atores encontramos com pessoas da plateia no cotidiano e somos lembrados por nossos personagens. Pobre Eurico o Padeiro, morreu chifrudo, mas morreu amando. O CÍRCULO (Texto de Rafael Castro) me trouxe um enorme presente, o personagem Daniel abaixou sua cabeça a peça inteira para escrever o seu livro, e levantou-a novamente apenas para concretizar seu plano em um banho de sangue conduzido por uma plateia perplexa de olhos arregalados com uma reviravolta chocante para todos ali presentes, um marco forte e único em minha trajetória de ator do NEAC que segue firme por mais quantos anos vierem! Hoje a família NEAC vive em mim, e eu vivo com eles. Grato a todo trabalho, todas brigas, todos puxões de orelha, todas quedas e todos renascimentos! Pois só assim podemos nos sentir realizados em erguer a cabeça e dizer, eu vivi o NEAC.
Agora trouxe essa cantora que eu amo, e que cá entre nós é a cara da Thaynara da turma de Quarta Feira!  Espero que gostem da música:


E não é que parece com a Thaynara mesmo?
Então a Judite vai fechando o post deixando aqui uma musica que é a cara do Divo Gabriel. Se conhece manifeste, se não, grite.


Essa é única e inconfundível. Tudo nela é celeste. Parece mesmo o êxtase da música.

Beijo e sonhos.

Judite sempre Insone.

NEAC - A CARA DO POVO - RAFAEL CASTRO

Agora é a vez do Senhor Rafael Castro. Arrasando por aqui.


Eu, Rafael Castro, cheguei no Neac em 2009. Fiz uma pausa necessária para os estudos no segundo semestre de 2012, mas retornei em 2015 pra essa casa que tanto amo. No Neac já tive várias experiências nas quais me recordo com muito carinho. Lembro da primeira montagem de O Beijo no Asfalto, onde tive a oportunidade de interpretar o personagem Arandir. As experiências vividas são muitas: João Grilo, do Auto da Compadecida; o menino Jajá, no Livro do Fim do Mundo; o Espantalho  em Mágico de OZ e muitas outras. Pude ter um texto meu no Festival de 2016, O Círculo. Não posso deixar de citar os minimalismos nos quais participei, peças essas que nos proporcionam tanto sentimento e euforia. O Neac é a nossa segunda casa e desses anos todos nos quais eu vivi ali eu só posso dizer que sou muito grato pela confiança de cada personagem a mim entregue.  Um sonho?  Ter sempre paz no coração.
Markus e família Neac, gratidão.

Música escolhida por Rafa:


E Judite, como gosta de música, segue achando que algumas músicas tem a cara das pessoas. Essa é a cara do Rafael. Será que ele conhece? Ou vai gostar de conhecer?


Gitane Demone não só canta, ela chora, interpreta e faz algo interessante e diferente, gosta de cantar com revistas em quadrinhos ao seu lado. Acha inspirador. Ame-a ou deixe-a para mim somente.

Bjos de Judite Insone.

NEAC - A CARA DO POVO - FELIPE DANIEL

Dando segmento as nossas postagens com depoimentos e histórias de atores do NEAC.
Agora é a vez de FELIPE DANIEL.





Sou o Felipe Daniel.
Quando eu entrei no NEAC eu era uma pessoa muito fechada e tímida
Mas vamos começar do início
Eu trabalhava numa empresa e que o Vitor e o Tonaco trabalharam e um deles colocou o cartaz do neac na parede da sala de café
Eu frequentava essa sala todos os dia até que um dia notei o cartaz e anotei os números de telefone
Passou algumas semana e uma amiga minha ex NEAC Dani  me falou que já tinha feito o curso e falou muito bem de la .. peguei o telefone num impulso e liguei ,  na mesma hora ,  falei com o Markus e num sábado de 2011 muito ensolarado eu estava na porta do NEAC pela primeira vez .. numa rua que eu passava sempre mas que desde aquele dia mudou o seu significado para mim
Comecei o curso bem tímido,  fui fazendo amigos , fui ganhando confiança e descobri algo que até então eu não tinha .. ganhei um sonho , uma expectativa , um propósito para os meus dias , ganhei um amor que se chama atuar .. vi todas as peças naquele ano em que entrei e a cada cena eu me apaixonei ainda mais pelo teatro , lembro da peça de Nelson Rodrigues do beijo do asfalto , a primeira peça de drama que eu vi ; gostei muito , desde então meu objetivo era estar pronto para fazer uma peça como aquela  .. fiz várias peças ao longo desses anos descobri que além do drama a comédia o infantil tbm é muito  gratificante de se fazer e com o tempo acabei ganhando a minha tão sonhada oportunidade numa peça de drama .. amei do princípio ao último fechar de cortinas .. me senti muito feliz .. o teatro na minha vida teve um grande significado não só pelo crescimento mas por que foi a primeira coisa que eu busquei para mim mesmo , foi o meu primeiro sonho .. ainda quero aprender muito..quero atuar muito..e a cada vez que eu piso no palco meu coração bate forte minha alma se alegra e eu sei que é ali o meu lugar . .

F. Daniel

Sobre a música que eu escolhi foi LADYHAWKE - MAGIC do meu primeiro festival RS tenho boas lembranças dela.

Obrigado pela participação Felipe. Aproveitamos pra deixar aqui uma musica que achamos a sua cara. Será que você conhece?


Sublime e novo. Dizem ser a Bjork Brasileira. A letra é simplesmente maravilhosa. Afinal tudo é lindo aqui.

Beijo da Judite.

sábado, 13 de maio de 2017

NEAC - A CARA DO POVO - MARKUS MARQUES

ACORDANDO A JUDITE VAMOS REINICIAR O BLOG CRIANDO ALGUNS POSTS INTERESSANTES.
VAMOS FAZER ASSIM:
 PESSOAL DO NEAC:

- ENVIEM UMA FOTO LEGAL, COM OU SEM FILTRO PARA O MARKUS NO WHATS DELE.
- ENVIEM JUNTO DA FOTO UM PEQUENO HISTÓRICO SEU NO TEATRO, DESEJOS E SONHOS.
- ENVIEM TAMBÉM O NOME DE DUAS MÚSICAS QUE VOCÊ AMA DE PAIXÃO,
- E FIQUE AGUARDANDO O POST DEDICADO A VOCÊ.

GOSTARAM O RECOMEÇO?

ENTÃO, EU MARKUS, VOU INICIAR PARA VOCÊS TEREM UMA NOÇÃO DE COMO SERÃO OS POSTS.



Markus Marques - Diretor do Neac e responsável por toda essa pancadaria de arte e cultura. Trabalho com teatro desde 1982 e neste tempo já passei por muita coisa e tenho muita história para contar. Já fiz grandes montagens como Hair, Ópera do Malandro e várias de Nelson Rodrigues. Tenho o sonho de proporcionar aos alunos do NEAC oportunidades maiores, mas para isso, seria necessário Leis de incentivo do tamanho do talento deles. Porém todos lá já sabem que o monopólio de leis ainda é maior que tudo isso. Fico feliz com elogios, mas fico mais feliz quando elogiam o trabalho deles. Amo o que faço e tenho em minhas costas uma tatuagem escrito em hebraico: AMAR PARA SEMPRE, AMAR ATÉ O FIM.
Quero muito viver e ser feliz. Desejo isso a todos por isso gosto de dividir até meu copo de cerveja. está é minha segunda paixão. Gosto de música de verdade. Rock, pop e mpb. Detesto hip hop, sertanejo, funk.
Teatro para mim é um fogo e viver é passar por ele.

Essa música é uma das minhas paixões:



 Bjos. Espero a participação de vocês comentando e enviando material para seus posts.

Judite - Mais insone que antes.