domingo, 27 de dezembro de 2009

2009 NO CAIXÃO


Ando pensando muito neste final de ano. Pensando que se eu morrer hoje nada deixarei a não ser o meu livro para a Samira. Não tenho casa, carro, lote ou conta alta no banco. Artista não fica rico e nem consegue muita coisa não. Só cultura é o que me faz rico. Sou uma pessoa inteligente, de bom gosto e a maior riqueza que tenho é a vontade de melhorar.
Catarina anda triste, por isso dei a ela um livro sobre as Frenéticas. Acho que o astral das Frenéticas poderá contagiá-la. Também penso que é missão dela ficar bem. É uma obrigação que ela tem de dar um jeito e melhorar.
Quanto a mim, ando alegre. Feliz não. Só alegre. Dei-me um monte de presentes neste final de ano. Muitos CDs raros, DVDs. É que eu tenho um verdadeiro tesão por estes pequenos círculos brilhantes. E decido que nunca deixarei de comprá-los. Quando abro uma caixinha e vejo aquele objeto musical dentro dela fico inebriado. E tem mais: tem de ser original, edição limitada, cheiro de novo.
Agora mesmo estou ouvindo DAME SHIRLEY BASSEY – THE PERFORMANCE, e é uma caixa limitada, apenas duzentas no mundo inteiro, e uma delas está comigo. Custei a comprar, mas quando chegou minha casa ficou cheia de cheiro e de novidade. Fico triste em saber que as pessoas com quem convivo no teatro, conhecem pouco destas coisas. O povo do teatro deveria ser mais interado sobre música. Não só o povo com quem convivo, mas todo o povo do teatro em minha cidade. O meu pessoal, O NEAC, ainda conhece um pouco porque eu faço isso acontecer. Estou sempre mostrando e comentando sobre coisas novas, Mas só eu fazendo é pouco.
Acho que vou montar um perfil no Orkut para postar fotos e dicas destes pequenos diamantes que tenho.
Minha mãe anda bem de saúde, mas os olhos dela procuram por meu pai. Ela fica me olhando e pedindo por ele. Nada posso fazer. Existem dores que só quem sente sabe a intensidade.
Antigamente eu achava que o amor era algo que me deixaria sem ar e eu até perderia a respiração. Hoje sei que isso se chama Pneumonia, e que o amor na verdade, significa prisão e cárcere. De todas as pessoas que amo, passo a entender que amo mais coisas do que pessoas. É que as coisas não desfazem de mim, realizam minhas vontades e ainda me dão tesão. Enquanto pessoas desfazem, ignoram, desviam sonhos e deixam para lá. Ando cansado de ouvir a palavra “caipira, burrinho e frases cujo tom acaba agredindo.
Amo a vida como ela é, mas se pudesse eu a mudaria.
APENAS UM GRITO AGORA: TEM 15 ANOS QUE SAÍ DA CASA DE MINHA MÃE PARA MORAR SOZINHO E NUNCA MOREI.
Dos anjos que me lembro agora dou significados: João (o hétero mais bacana que conheço), Renildo ( anjo de asas abertas, “ASAS DE OURO”) Karim ( A coisa mais fofa e linda que já cruzou o meu caminho) Toin ( um cara cheio de amor prá oferecer à Heleninha), Rafael ( um cara cheio de dengos com a Tonha) Lú (Ícaro em vôo rasante querendo pousar) Jorge ( onça da nota de 50) Catarina (Amiga Carinhosa e muito inteligente) Ana (Cabeçuda), Bianca ( Uma mulher em busca de melhorar) Ailton ( Um parceiro para tudo) Lourdes ( A mulher mais invejável que este mundo possui) Flávia Alcântara ( O loirão razão dos sonhos eróticos do filho da Lili ) Lili ( alguém cuja admiração que tenho ultrapassa a lógica) Simão ( O homem que faz a Lili feliz).
Acho que paro por aqui, são muitos e nem me lembro de todos agora. No fim das contas meu mundo é um céu cheio de anjos e querubins.
Neste final de ano estou sentindo uma alegria diferente. Muita alegria. Estou de férias e posso dizer que estou dormindo bem e bebendo pra valer. Sinto vontade de fumar também, e fumo porque eu não devo nada a ninguém. Quem sabe eu vá ver Cranberries em BH? Eu gosto muito de LINGER, é uma das melodias mais lindas que conheço. Acabei de colocar o cd deles agora. Esta tocando LINGER. E eu viajando no som deles. Devo ver o show sim. E de preferência sozinho. Bem perto assim como fiquei no show dos PET SHOP BOYS.
Ainda hoje quero assistir o DVD do LACRIMOSA que comprei. Barbada. Comprei o DVD normal e me veio um Digipack luxuoso e limitado. Lojas Americanas online e seus controladores de estoque. Tomarei mais umas cervejas e depois comerei algo na hora errada para variar.
Neste final de ano eu desejo a quem estiver feliz, que continue. E a quem estiver triste que assista ALMAS ENCLAUSURADAS (ANO 2 – O RETORNO). Palmas para o Lú e seu grupo.
Agora vou para de escrever porque tenho um pacote que chegou pelo correio. Deve ser o THE VASELINES, que o Patrick me enviou da Inglaterra. Vou lá...e depois escrevo aqui o que é e o que senti.
Abaixo eu deixo um vídeo do FEVER RAY – Melhor banda e melhor disco de 2009. Eu amo esta fusão TEATRO+MUSICA+VISUAL+DANÇA+DEUS.



Bom, agora vamos ao ritual da caixinha que veio pelo correio. Depois entro novamente e conto o que veio nela e o que senti.

Beijos.

2 comentários:

Karin Amaral disse...

Markito, eu te amo! Obrigada por tudo, sempre. Não há mais o que comentar...

sasareis8 disse...

Faço das palavras da Karin as minhas palavras...Bjos.....