terça-feira, 5 de maio de 2009

SOBRE O AMOR E PALÍTOS DE FÓSFORO


EU ESTAVA HOJE NA ESTRADA E UMA COISA NÃO ME SAÍA DA CABEÇA. DE FATO PENSAR EM COISAS ESTRANHAS E ASSUSTADORAS FAZEM PARTE DE MINHA ROTINA. MAS AQUELE PENSAMENTO NÃO ERA ASSUSTADOR. PELO CONTRÁRIO, ERA LEVE, TRANQÜILO, PORÉM, NEM UM POUCO PASSIVO.
EU PENSAVA NO AMOR. EU QUESTIONAVA SOBRE O AMOR. COMO SE EU FOSSE UM PSICANALISTA DE MIM MESMO. EU PERGUNTAVA, EU RESPONDIA. DAÍ ENTÃO EU PENSEI NO MEU PAI, NO MEU FALECIDO NICOLAU, NO JAMES, NO LU, NO RENILDO E EM TODOS OS OUTROS.
ERA UMA MÚSICA QUE EU OUVIA COM SEUS TONS, SEMI-TONS E ACORDES. A MÚSICA DA MINHA VIDA. CHEIA DE SONS TRANQUILOS E PASSAGENS PESADAS.
HOJE É UM DIA DAQUELES DE FUGIR. DESCER DO ÔNIBUS NO MEIO DA ESTRADA E CONCLUIR O PERCURSO Á PÉ. NÃO O PERCURSO DO TRANSPORTE, MAS O PERCURSO DE MINHA VIDA.
PORQUE SERÁ QUE O AMOR ENCANTA A GENTE?
ESTA RESPOSTA NINGUÉM TEM PARA DAR E SE ALGUÉM TIVESSE, OCULTARIA.
EU TENHO MINHAS FALTAS SIM. AS FALTAS QUE SINTO E AS FALTAS QUE COMETO COM OS QUE AMO. NÃO SEI SE MINHA AUSÊNCIA AO LADO DE MEU PAI AGORA SE CHAMA ‘PEDRA COM PEDRA’. EU TAMBÉM FIQUEI SOZINHO MUITAS VEZES SENTADO ATRÁS DA PORTA DA COZINHA DA CASA ANTIGA, COM MEDO DE ELE ENTRAR E BRIGAR COM MINHA MÃE. EU TAMBÉM FIQUEI SOZINHO QUANDO FIQUEI SABENDO QUE ELE SENTIA DOR.
O MEU CÃO NICOLAU ERA MEU E QUEM SABE FOSSE POR ISSO QUE EU O DEIXAVA SÓ. A GENTE SEMPRE ABANDONA O QUE DE MELHOR TEMOS PELA VIDA AFORA. E PARA SER FRANCO, A MORTE DELE SÓ DÓI AGORA QUE ENTENDO ISSO.
DAÍ ENTÃO O QUE ERA PENSAMENTO LEVE FICOU ASSUSTADOR.SÓ PARA NÃO FUGIR DA REGRA. DE SOZINHO A ACOMPANHADO, VOCÊ PODE PASSAR DE UM DIA PARA O OUTRO, MAS É ISSO QUE SE QUER?
SERÁ QUE SÓ SE QUER: “NÃO ESTAR SOZINHO?”
EU SOU DESTAS PESSOAS QUE QUEREM MAIS.
O AMOR PRECISA ACENDER ALGO. COMO UM PALITO DE FÓSFORO ACENDE A VELA, O CHUMAÇO DE JORNAL, A FOGUEIRA NO ACAMPAMENTO, O CIGARRO DO PARCEIRO.
É ISSO MESMO! O AMOR PRECISA ACENDER ALGO.
ENTÃO É POR ISSO QUE EU FICO DOIDO QUANDO ESCUTO UMA MÚSICA LEGAL, QUANDO VEJO UM FILME BACANA. FOI O AMOR QUE E ACENDEU PIAF, DA MESMA FORMA DEU PALMADAS, DA MESMA FORMA QUE O GAROTO APRENDEU A BEIJAR. O AMOR......
BICHO SAFADO ESTE!!!!!
QUEM AMA ACOMPANHA, SOFRE JUNTO, VÊ A DOR DO OUTRO E ANSEIA O FIM DELA JUNTO. SÓ UMA COISA O AMOR NÃO FAZ: DESCASO!
SE VOCÊ AMA, MAS NÃO RECONHECE A PESSOA AMADA, PARE JÁ COM ISSO. SÃO DUAS CORDAS ESTICADAS, PRONTAS PARA O SOFRIMENTO, A DESOLAÇÃO.
DE REPENTE O PENSAMENTO SE FOI E EU OLHEI PARA O MEU MP5, SHIRLEY BASSEY CANTAVA SOMETHING DOS BEATLES “AO VIVO”. FIQUEI VENDO O VÍDEO E PENSANDO:
QUANDO EU CRESCER, SE DEUS ME DER FORÇA, EU RESOLVO AS COISAS QUE ME INCOMODAM...
...E ME TORNO UMA PESSOA MELHOR.

ESTE É O VÍDEO QUE EU VI NO MEU MP5.
SHIRLEY BASSEY "SOMETHING" DOS BEATLES.



NOVIDADE: A JUDITE VIROU PEÇA DE TEATRO. É POR ISSO QUE ANDAVA SUMIDA.

BYE

8 comentários:

Samuel Marques disse...

Nossa, adorei o texto... Pensei em comentar algo, mas não consegui descrever o que senti, então resolvi escrever algo só pra vc saber que eu passei por aki...
Adoro vc!

Mário Paixão disse...

reticente...

mutio bom!

não consigo comentar muito quando estou reticente...

Anônimo disse...

Não vou comentar o seu pot porque sei que fala de particulariades suas que o eu conheço ou imagino conhecer. Falarei dessa diva inglesa que para interpretar essa musica usa recursos teatrais para que sua inrteptação emocione, ou seja os movimentops do corpo e principalmnte das mãos pra fazer uma marcaçaõ para que a emoçao apareça e é isso que os atores deveriam apredender a fazer sem afetação exagerada ou mal colocada ,usar a emoção .E essa musica é dos beatles mas fez sucesso e é lembrada somente com essa interprete ou seja ;há divas e DIVAS. james

..:gUh:.. disse...

Realmente mais um texto divino.
E realmente necessario pararmos um tempo para refeltir sobre a vida
pois como vc disse no post acima, um dia a velhice chega e sera tarde demais para fazer acontecer.
Leva-se na bagagem à vida afora, sonhos, pessoas e principalmente sentimentos.
De uma forma ou de outra a gente guarda um pouco de cada um. So nao devemso esquecer de guardamos um pouco de nós...

No final quem sabe, as borboletas que vivem dentro de mim continuem com a mesma vontade de se libertar...


Carpe dien

..:gUh:..

Anônimo disse...

Fantastico.
Muitas vezes tenho me perguntado isso: como posso ser uma pessoa melhor? Mas nao somente uma pessoa melhor para os outros, mas para mim também. As perdas e, ou, as dificuldades nos fazem repensar, rever a direção que dei aos meus passos. Mas que nada, não tenho que rever, tenho que reafirmar, pois hoje sei que caminho seguro nas trilhas que a vida me destinou. Sou eternamente grato a Deus pela felicidade que
Ele me proporciona a cada dia, a cada hora. Amo todos aqueles que comigo convivem e sei que retribuo a mesma energia que recebo deles. Quero muito um palito de fósforo, eternamente aceso, para alimentar o amor que sinto por todos vocês, Marcus, Lu, Jorge, Amanda, Gui, Mário, Antonio, enfim... nunca serei sozinho. Renildo.

Weverton Andrade disse...

o amor e amor!!!
NAO TENHO PALAVRA PARA COMENTAR,
mas posso dizer que ficou legal!

xD

Weverton Andrade disse...

o amor e amor!!!
NAO TENHO PALAVRA PARA COMENTAR,
mas posso dizer que ficou legal!

xD

Cida disse...

Puxa! Sair do final do circuito e conhecer o blog hoje, me deixou embargada de emoção.Amei tudo. O texto sobre o amor me falou direto ao coração.Vale a pena curtir momentos tão bons e conhecer pessoas tão criativas e sensíveis assim.Sucesso sempre. Beijos.Cida Santos